UBE

EBD: A SOBERANIA E A AUTORIDADE DE DEUS. Subsídio e comentário

05 maio 2010

EBD-6--oassembleiano

DEVOCIONAL

Texto Áureo:

“Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?” (Rm 9.21)

Verdade Prática:

Em sua inquestionável soberania, Deus trata as suas criaturas como bem lhe aprouver. Submetamo-nos, pois, à sua perfeita, infinita e sábia vontade.

Leitura Bíblica em Classe:

Jeremias 18.1-10


PLANO DE AULA

I. OBJETIVOS:

1. EXPLICAR por que Deus enviou Jeremias à casa do oleiro;

2. CONSCIENTIZAR-SE de que Deus é soberano;

3. COMPREENDER que a soberania de Deus está baseada em sua onipotência, onipresença e onisciência.

II. CONTEÚDO:

1. APRENDENDO COM O OLEIRO

Do hebraico yatsar, denota a idéia de “moldar”. O barro era amassado com os pés até ficar em pasta, depois o depositavam sobre uma roda horizontal, em frente da qual tomava assento o oleiro, virando a roda com a mão ou com o pé, à medida que ia modelando o vaso.

Após o processo de modelagem, secava-se a obra e em seguida cobria-a de esmalte para ser levada ao forno.

Essa atividade era comum e necessária em Judá, pois a maioria dos alimentos eram cozidos e armazenados em diferentes tipos de vasos. Além de servir como utensílio doméstico, alguns vasos eram produzidos especialmente como peça de decoração.

Segundo a tradição, a capacidade do oleiro para dar forma ao barro, e fazer aplicação da sua obra, serve para ilustrar a soberania de Deus sobre o homem (Is 45.9; Jr 18.5-12; Rm 9.20-25).

Paulo falou sobre isso em Romanos 9.21, “Ou não tem poder o oleiro sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra”, afirmando que o oleiro tem poder e autoridade para utilizar o barro livremente, confeccionando da mesma porção de argila um vaso para decoração (para honra), e outro para depositar lixo (para desonra). Porém, ambos não possuem direito de questionar a decisão do oleiro.

É importante observar que ambos os vasos – de decoração e de lixo – possuem a mesma origem, o mesmo valor, porém o propósito do artífice sobre eles era diferente.

Deus estava querendo mostrar a Jeremias Sua soberania absoluta, contrastando com nossa fragilidade e dependência Dele.


2. DEUS É SOBERANO

Soberano, aquele que é superior em autoridade e poder.

A soberania é a própria essência de Deus, pois Ele existe por si mesmo, não depende de nenhuma fonte provedora para existir. A tradução do Seu nome Yahweh (Javé, popularmente Jeová), declara que Ele é e continuará sendo. Deus não precisa de conselheiro ou de professor. Não necessitou de auxílio na criação. Ele é o único independente de qualquer outro ser no Universo.

Ele tem a capacidade de realizar tudo quanto desejar: “Porque o Senhor dos Exércitos o determinou; quem pois o invalidará? E a sua mão estendida está; quem pois, a fará voltar atrás?” (Is 14.27). Seu poder é ilimitado, jamais será anulado ou impedido pelo homem ou qualquer outra criatura.

Com estas declarações o renomado teólogo Stanley M. Horton enaltece a soberania de Javé.


3. SUA SOBERANIA BASEIA-SE EM TRÊS ATRIBUTOS DO SEU SER:

a) ONIPOTÊNCIA: Atributo pelo qual Deus pode tudo (Jó 42.2; Sl 91.1; Mt 19.26; Lc 1.37);

b) ONIPRESENÇA: Atributo pelo qual Deus está presente em toda parte (Sl 139.7-12; Jr 23.23-24; At 17.27-28);

c) ONICIÊNCIA: Atributo pelo qual Deus conhece perfeita e eternamente todas as coisas passadas, presentes e futuras (Sl 147.5; Pv 15.11; Is 46.10).

Sua soberania não o torna arbitrário, Deus rege-se por princípios morais inerentes do Seu caráter santo. Ele serve-se da sua integridade moral, da sua natureza amorosa e misericordiosa para lidar com o homem. Portanto, devemos humildemente agradecê-lo pelo privilégio a nós concedido por meio da morte de Seu Filho, e com esforço e dedicação mantermos este relacionamento com Ele.

Fontes Bibliográficas:

Bíblia de Estudo Pentecostal

Dicionário da Bíblia Almeida

Comentário Bíblico NT – Aplicação Pessoal

Teologia Sistemática

Novo Dicionário da Bíblia John Davis

Boa aula!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

COMENTE, todavia seja respeitoso e identifique-se, comentário "anônimo" não será postado. Obrigado!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 
Copyright © 2015. O ASSEMBLEIANO .
Design by Herdiansyah Hamzah . Published by Mais Template .
Creative Commons License