UBE

Pastor Martim Alves da Silva - Plano Básico de Gestão para a IEADERN

02 fevereiro 2012

Plano-de-Gestão---Pr-Martim-Alves

PLANO BÁSICO DE GESTÃO PARA A IEADERN
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS NO RN
GESTÃO DO PASTOR MARTIM ALVES DA SILVA


 
Natal, janeiro de 2012.

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.” At 2.42 e 47.


I – INTRODUÇÃO

A IGREJA DO SENHOR JESUS tem duas vertentes no seu processo de atuação junto às pessoas com as quais lida e para quem ela foi enviada. Uma vertente espiritual onde prepara os seguidores do Senhor Jesus para a vida eterna. Uma ação material e organizacional. Nesta, ela age no sentindo humano da dimensão terrena da Igreja. A Igreja só existe de fato, quando a interação entre as duas áreas possibilita a harmonia dos interesses. Procuramos gerir a igreja de modo integrado, de tal maneira que os departamentos trabalhem interagindo entre si.

Presidir uma igreja implica em administrar, sob a orientação do Espírito Santo, estas duas facetas da instituição que está na terra, mas é do céu, e que estando na terra lida com pessoas e com necessidades materiais e limitações de várias naturezas. Toda organização humana tem seus fatores limitantes! Trabalha com escassez de meios, de recursos e de pessoas! Pretendemos, neste plano de gestão, mostrar as áreas e estratégias de gestão que constituem os pilares sobre os quais o Senhor Deus nos usará, para atuarmos dentro dos limites de te3mpo e de espaço que o Senhor Jesus nos outorgará!

II – CURRICULUM VITAE (Resumido)

MARTIM ALVES DA SILVA, Evangélico desde 1960. Integra o Ministério da IEADERN desde 1974. Pastoreou as Igrejas de São Gabriel da Cachoeira/AM (1974-1975), Equador/RN (1976-1977), Santana do Matos/RN (1978-1983), Serra do Mel/RN (1984-1985), 2º Co-pastor de Mossoró (1985-1992), Mossoró (desde 1993). Graduado em Ciências Jurídicas (UERN), Letras (UERN), e Bacharel em Teologia (ESTEADEB). Doutor Honoris Causa pela Faculdade Teológica da Bahia. Vice-Presidente da CEMADERN e Secretário da UMADENE (NORDESTE). Integrou o Conselho de Apologética e o Conselho Regional Nordeste da CGADB, e atualmente é membro do Conselho de Doutrina.


III – 7 PILARES DA GESTÃO

(Estes pilares nortearão nossa gestão à frente da IEADERN e da CEMADERN)
1. ORAÇÃO E JEJUM;
2. EVANGELIZAÇÃO E ENSINO DA PALAVRA;
3. APOIO ÀS LIDERANÇAS E QUALIFICAÇÃO DOS OBREIROS;
4. MAIOR VALORIZAÇÃO DOS OBREIROS JUBILADOS E SUAS FAMÍLIAS;
5. COMUNICAÇÃO, SOLIDARIEDADE E INTEGRAÇÃO ABRANGENTE;
6. GESTÃO PARTICIPATIVA;
7. CRESCIMENTO E MULTIPLICAÇÃO DA OBRA DO SENHOR (PLANTAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DE IGREJAS).

IV – PLANO DE GESTÃO
1. EVANGELIZAÇÃO E MISSÕES – O ALVO PRIORITÁRIO DA IGREJA
Elaboração de um plano macro de evangelização para a IEADERN, considerando-se as peculiaridades de cada Campo Eclesiástico.
Utilização de todos os recursos disponíveis, desde Evangelização pessoal, até o uso forte da Mídia, com a contratação de PROGRAMAS DE TV DIÁRIOS E/OU SEMANAIS; uso contundente da INTERNET, especialmente NAS REDES SOCIAIS; confecção de um JORNAL e/ou de uma REVISTA de circulação estadual, que sirva(m) de edificação par ao povo de Deus e evangelização para os de fora. Construção do Centro de Evangelismo Potiguar da IEADERN.
Aparelhamento da estrutura de evangelização (som, palco, cadeiras etc.) e de ensino da IEADERN, evitando gastos constantes com alugueis.
Aquisição de emissoras de rádio no interior (no mínimo 3 emissoras) para formar uma cadeira de programação com a Rádio Nordeste. Posteriormente empreender esforços para a aquisição de uma emissora de rádio FM na Capital, bem como de um canal de Televisão com transmissão em todo estado.
Aumento de investimentos na obra missionária estadual, nacional e TRANSCULTURAL.

2. FORMAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE OBREIROS
Formação acadêmica teológica para todos os obreiros de nosso Estado, tanto através das escolas teológicas já existentes nas cidades do interior (descentralização), bem como por intermédio do fortalecimento do CETAD (ante a sua IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA), inclusive com a criação dos cursos de Mestrado e Doutorado em Teologia, a partir de convênios com outras instituições nacionais e estrangeiras.
Promoção de Seminários e Cursos de Capacitação a Distância – Rádio, INTERNET, COM REPRODUÇÃO DE MATERIAL EM CDs, DVDs e outros meios de difusão de conhecimento!
Criação de CANAIS RELACIONAMENTAIS INSTITUCIONAIS entre a IEADERN e os obreiros do interior e da capital, com toda a discrição que o assunto requer, para auxiliá-los em relação aos problemas vividos no casamento (filhos envolvidos com drogas, falta de comunicação no lar, “incompatibilidade de gênios” entre os cônjuges, infidelidade conjugal, etc.) bem como enfrentar as causas e buscar soluções sobre os dilemas ministeriais/familiares alusivos aos casos de obreiros que vierem a passar por processo de divórcio.

3. ASSISTÊNCIA SOCIAL DA IGREJA

Lidamos na Igreja com a faixa mais carente da população em termos de ÍNDICES DE DESENVOLVIMENTO HUMANO (IDH). A grande maioria de nossos templos está localizada nos bairros periféricos das cidades, nos quais a maior parte da população é muito pobre! (Classes C, D e E)! Este povo tem carências de tudo! Alimentação, médicos, dentistas, ambulatórios e hospitais… medicamentos, assistência social, jurídica, psíquica e orientação educacional! A Igreja nestas comunidades é um instrumento moralizador, assistencialista, pacificador e orientador! Uma bênção!
Fortalecimento de todos os Centros Sociais de nosso Estado, tanto no interior, quanto da Capital, através de Convênios e acordos com instituições públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, para a qualificação profissional de nossa membresia em todos os municípios do Estado, além de condutas assistencialistas pontuais, tanto no interior quanto na capital.
Mutirões Evangelísticos com interações de obras sociais (alimentos, medicamentos, cortes de cabelo, higienização bucal, orientação a matrizes e nutrizes).
Orientações à juventude quanto à vida sexual desregrada, drogas, doenças sexualmente transmissíveis, gravidez indesejada, práticas abortivas etc…

4. MOBILIZAÇÕES DEPARTAMENTAIS NA IGREJA

A IGREJA é um arsenal de valores incomparável. Nela temos o potencial das crianças, da juventude, da classe adulta e a experiência e disposição da terceira idade. Estes potenciais, quando bem motivados, produzem ações de valor inestimável para o crescimento do Reino de DEUS! A mobilização destes grupos e a integração de esforços levará a muitas conquistas de vidas, libertação dos poderes das trevas e salvação! Jesus estará orientando as ações a serem implementadas em datas oportunas, como feriados, datas festivas e outros eventos!
Incentivo à participação ativa dos recursos humanos da Igreja de forma inclusiva, integrada e de formação/capacitação de líderes já existentes e dos líderes em potencial.
Fortalecimento dos vários departamentos da IEADERN na Capital, grande Natal e no interior do Estado, a saber: DEFAD, DEJAD, DINOC, DEFAM, DEPEM, DEMAD, DEPIM e MELHOR IDADE.

5. MANUTENÇÃO E AMPLIAÇÃO DO PATRIMÔNIO
Incentivo à construção de novos templos no interior e na capital (se possível, inclusive, com a realização de mutirões construtivos), evitando, ao máximo, o pagamento de alugueis para as Congregações/Igrejas já consolidadas.

6. REFORMA DO ESTATUTO DA IEADERN E CRIAÇÃO DO ESTATUTO DA CEMADERN
Propor o aprimoramento do ESTATUTO DA IEADERN, alterando alguns aspectos, detalhando ou subtraindo outros, de natureza administrativa, com vistas a permitir melhor adequação à nossa realidade. Dentre eles, pode-se mencionar, por exemplo, a elaboração de um plano de Cargo e Carreira Ministerial da IEADERN, encurtando prazos, mudando parâmetros etc., não estabelecendo obstáculos artificiais à separação/consagração/ordenação daqueles que possuem chamada ministerial.
Criação da pessoa jurídica CEMADERN, com a imediata instituição de grupos de trabalho para elaboração do estatuto e regimento da CONVENÇÃO ESTADUAL DE MINISTROS DA ASSEMBLEIA DE DEUS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE.

7. OBREIROS JUBILADOS E SUAS FAMÍLIAS
Criação de uma ASSESSORIA, composta por três ministros, com o objetivo de tratar exclusivamente dos PROBLEMAS ENFRENTADOS PELOS JUBILADOS E SUAS FAMÍLIAS, a qual poderá propor, dentre outras coisas, o aumento das ajudas mensais, pagamento de tratamento médico especiais, além de outras medidas que visem tornar o viver desses heróis da fé, que doaram suas vidas pela causa do evangelho, o mais digno possível.
Criação de um FUNDO DE JUBILAÇÃO DE OBREIROS, administrado por uma cooperativa mutual de crédito do segmento evangélico.

8. GESTÃO FINANCEIRA DA IEADERN:
Reestruturação na gestão financeira da IEADERN, sobretudo no que tange a procedimentos administrativos no Tesouro Geral e na Contabilidade, visando à adequações pertinentes frente às atuais exigências legais cabíveis.
Maior valorização do Conselho Fiscal da IEADERN no desempenho das suas funções, por entender seu papel fiscalizador/auditor e cooperador no processo de atendimento às demandas/exigências legais frente a Igreja, ao Estado e à Sociedade.
Modernização/adequação da infraestrutura da Contabilidade e da Tesouraria Geral da IEADERN, visando atender melhor as demandas inerentes.

9. PLANOS GERAIS
Criação de uma ASSESSORIA, composta por três ministros, com o objetivo de tratar sobre os VALORES DAS AJUDAS DE CUSTO enviadas aos Ministros do interior do Estado, os quais dependem completamente da Tesouraria Geral da IEADERN, de forma a estabelecer parâmetros que visem tornar o viver desses heróis, que doam suas vidas pela causa do evangelho, o mais digno possível.
Reuniões mensais do Pastor Presidente da IEADERN, em visita aos Campos Eclesiásticos, como parte importante da gestão participativa que será instalada.
Realização de viagens do Pastor Presidente da IEADERN às Igrejas do interior do RN, visando, sobretudo, o fortalecimento dos laços fraternais entre os obreiros do Estado;
Valorização dos Ministros Supervisores de Campo e dos Coordenadores de Setor;
Reestruturação e fortalecimento da CEMADERN, por entender o papel aglutinador dessa convenção de ministros.

10. CONCLUSÃO

Não tenho dúvidas do chamado de Deus para atuar neste tempo à frente da IEADERN e da CEMADERN – Deus tem me falado sobre isso há muito tempo! Embora reconhecendo minhas limitações, coloco-me à disposição do Senhor Deus, de Jesus Cristo e do seu Divino Espírito Santo, para que a Trindade Excelsa me capacite para tão grande obra. Tal qual Neemias, estou disposto a, de mãos dadas com TODOS os obreiros e TODAS as famílias do povo de Deus Assembleiano neste Estado, como todo o amor e carinho, continuarmos o labor iniciado pelos pioneiros que desbravaram os rincões mais distantes da nossa Terra, tornando conhecido, ao restante do nosso amado povo, os mistérios do Evangelho.

Pare estes últimos tempos que Deus tem dado à sua Noiva aqui na terra, precisamos abundar na graça e no conhecimento Daquele que nos chamou das trevas para sua maravilhosa luz! Sabemos que onde abundou o pecado superabundou a graça! Que o SENHOR JESUS NOS CUMULE COM UMA SUPERABUNDÂNCIA DE GRAÇA NESTES PRÓXIMOS ANOS QUE NOS ESPERAM! É FIEL AQUELE QUE O PROMETEU E ELE TAMBÉM O FARÁ!

Estou certo que o Senhor da Glória nos trará tempos de paz, de unidade ministerial, de crescimento, e de consolidação da Obra do Senhor em todo o Rio Grande do Norte.



No mover do Espírito Santo,
Martim Alves da Silva
Pastor





Pr. Martim Alves da Silva
Presidente da Assembleia de Deus em Mossoró/RN
Bacharel em Direito
Bacharel em Teologia
Vice-Presidente da CEMADERN
Secretário da UMADENE



7 comentários :

  1. A PAZ DO SENHOR. GOSTEI DE VER MUDAR O RUMO DA SUCESSÃO DA IEADERN COM PROPOSTA PUBLICADA E NÃO NOTICIAS DE ACORDÕES. QUE O SENHOR JESUS ABENÇOE A NOSSA IGREJA E SEI QUE TEREMOS GRANDE AVANÇO COM AS PROPOSTAS DO PR MARTIM. VOU ORAR PELO SEU PROJETO. DC ASSIS DANTAS ASSEMBLEIA DE DEUS CONGREGAÇÃO ESBOM.

    ResponderExcluir
  2. PORQUE NÃO COLOCA O PLANO DE GESTÃO DO PASTOR IVAN GONÇALVES? PRECISAMOS SABER OS SEU OBJETIVOS TAMBÉM COMO PRESIDENTE DA IEADERN.

    ResponderExcluir
  3. Caro Siloé,

    O Pr. Ivan Gonçalves não disponibilizou o seu Plano de Gestão, mas quando o fizer, postaremos.

    ResponderExcluir
  4. Só para refletir.

    A mesmo necessidade de apresentar currículo, proposta etc. será que o escolhido por Deus não estará na direção do espirito santo para fazer o que lhe apraz?

    ResponderExcluir
  5. O Novo Presidente da IEADERN será quem Deus já determinou para presidí-la na sua onisciência. Ser Pastor Presidente da IEADERN: "Assim pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas sim de quem Deus escolhe" Ro.9.16. Seja quem for o escolhido precisará das nossas orações para juntos reerguermos e restaurarmos das cinzas o nome de nossa Instituição que fora alvo de comentários no mundo da Internet nestes últimos dias.

    ResponderExcluir
  6. Caro "Anônimo",

    Seu comentário é salutar para o momento que vivemos, portanto OREMOS!

    ResponderExcluir
  7. Pr. Martim foi o homem escolhido por Deus para este momento da IEADERN, não temos dúvidas a esse respeito, se assim não fosse o seu nome não teria sido referendado na Assembléia ministerial, oremos e ajudemos o nosso Pastor em unidade, para que a benção de Deus repouse sobre cada um de nós.

    ResponderExcluir

COMENTE, todavia seja respeitoso e identifique-se, comentário "anônimo" não será postado. Obrigado!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 
Copyright © 2015. O ASSEMBLEIANO .
Design by Herdiansyah Hamzah . Published by Mais Template .
Creative Commons License