UBE

Palavra Pastoral: Pastor! Vocação ou Profissão?

15 junho 2012

Pr. Martim Alves“E ninguém toma para si essa honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão”.

Neste 2º domingo de junho quando se comemora o Dia do Pastor, quero desejar a todos os meus amados companheiros os mais sinceros votos de um profícuo ministério.

Todos nós, que fomos chamados por Deus, somos conscientes da nossa vocação, da honrosa responsabilidade que recebemos do Senhor e da grandeza espiritual de nossa missão diante do rebanho que nos foi confiado para apascentar.

Apesar das responsabilidades de apascentar um rebanho que não é nosso; não usar a força para cuidar deste rebanho, mas deixar-se conduzir pelo Espírito; não pensando no pagamento, mas de ânimo pronto e voluntariamente; não exercendo domínio sobre as ovelhas, como um tirano, mas servindo de exemplo; apesar das angústias da vida, dos desafios diários, ser pastor é uma das missões mais nobres que pode ser confiada e exercida por um homem.

Ser pastor nunca foi uma profissão. Ser pastor não é para quem quer. Ser pastor é para quem Deus chama. Infelizmente temos visto em muitos púlpitos profissionais da fé que se intitulam, se proclamam, e se fazem pastores, bispos, apóstolos e, como se não bastasse, já se ouve falar até em patriarcas.

No exercício do ministério, na maioria das vezes, é necessário semearmos em lágrimas levando a preciosa semente, para podermos segar com alegria. Tenhamos a certeza que quem assim procede voltará, sem dúvida, cheio de júbilo, trazendo consigo os seus molhos.

Conclamo a todos os meus companheiros que oremos uns pelos outros, para que permaneçamos com a nossa vida no altar de Deus, oremos pela saúde espiritual de nossas famílias e pela prosperidade do ministério que recebemos de Deus. Assim fazendo, fortaleceremos os nossos laços fraternais e ficaremos mais unidos para trabalharmos em prol da expansão do Reino de Deus através da evangelização e das missões transculturais que é a nossa primordial tarefa.

Não esperemos receber aqui o nosso pagamento, deixemos isso para os profissionais de púlpito. Aos que foram chamados por Deus e aguardam o seu galardão, façamos aquilo que nos recomendou o apóstolo Pedro: “Apascentai o rebanho de Deus que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho. E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa de glória” .

“Para que todos sejam um”

 

Martim Alves da Silva
Pastor Presidente

 

Fonte: Boletim Semanal da IEADERN, nº 955

Nenhum comentário :

Postar um comentário

COMENTE, todavia seja respeitoso e identifique-se, comentário "anônimo" não será postado. Obrigado!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 
Copyright © 2015. O ASSEMBLEIANO .
Design by Herdiansyah Hamzah . Published by Mais Template .
Creative Commons License